Porque vale a pena investir na área de suplementos alimentares!

Vai um chazinho aí?

Ah! vai dizer que não combina com tudo, dias quentes para refrescar, dias frios para esquentar. Quando está com alguma dor ajuda a aliviar, fora que é nostálgico. Lembra quando nossas mães, avós, ou nonas falavam: “Toma um chazinho que passa”. É real isso! E a gente se sente bem, chá é sinônimo de aconchego.

Acreditamos que este é um dos motivos, pela qual, ultimamente temos percebido um movimento muito interessante, no segmento de produtos naturais e suplementação. Existe uma demanda de mercado grande, e não é difícil de visualizar isso em nosso cenário atual. Podemos listar 3 grandes grupos: Pessoas acima do peso, pessoas que praticam atividades físicas e pessoas que precisam dos suplementos, para suprir alguma falta de componente no organismo.

Segundo dados do Ministério da saúde entre os anos de 2006 e 2018 teve um aumento de 67,8% de pessoas obesas no Brasil. Atualmente, 55,7% da população brasileira está com excesso de peso. Número alarmante não é mesmo?!

Porém, a notícia positiva é que grande parte deste número citado acima, está buscando soluções para melhorar a qualidade de vida, mediante isso procuram por uma alimentação mais saudável e suplementos naturais.

Os outros dois públicos tem como necessidade que o suplemento contribua com o ganho de massa, energia, complementação do que o organismo já não produz, como por exemplo, colágeno, ou até mesmo a falta de sono, são considerados potenciais. Então, como podemos ver este segmento abrange grande parte da população pela suas várias frentes.

 

Investir no mercado de suplementos

Quem é empreendedor sabe que precisa ter olhos bem atentos, nas tendências do mercado, e acompanhar todos os movimentos. Tudo muda muito rápido, o mercado está em constante evolução e transformação e, como visionários é necessário entender isso e investir nos melhores segmentos.

Podemos verificar que nos últimos anos, muitas áreas tiveram um abalo com crises econômicas, porém, um segmento que não sabe o que é essa tal de “crise”, pois sempre está em constante ascensão é dos suplementos alimentares.

De acordo com uma pesquisa da Euromonitor International, em 2017, o setor de produtos saudáveis movimentou R$ 92,5 bilhões no Brasil, e a expectativa é que apresente um crescimento de 3% ao ano até 2022. De fato é um mercado em ascensão.

Isso se dá, porque o estilo de vida das pessoas impactaram de forma positiva o setor de alimentos e tem gerado muitas e diferentes possibilidades de investimentos. De uns anos para cá, há uma tendência que aponta para a melhoria no nível de educação e renda da população brasileira.

Esses aspectos socioeconômicos interferem no mercado de suplementos, e trazem impactos positivos na seleção dos produtos que as famílias levam à mesa. Além do ritmo de vida agitado destas famílias que preferem produtos que facilitam o dia a dia, devido a falta de tempo para o preparo das refeições.

Isso mostra que existe um espaço significativo para empreender na área de suplementos e, ter a certeza de um retorno financeiro, além de proporcionar qualidade de vida.

Desenvolver um linha de suplementos com a sua marca com certeza irá dar visibilidade ao seu negócio, lucratividade e vai atender a um mercado que cresce a cada ano e procura mais opções para viver mais saudável.

Muitos são os pontos para se analisar para lançar sua marca e seus produtos no mercado, por isso é importante ter assessoria de quem entende do negócio. Ter uma empresa especializada com experiência no ramo de terceirização, e que carrega como lema a qualidade e funcionalidade dos produtos é fundamental para seu sucesso.

Te convido a conhecer um pouco mais a fundo esse processo, e lembre-se o investimento em bons negócios não podem esperar, uma dica final, o sucesso está neste link esperando você!

 

Referências

http://saude.gov.br/noticias/agencia-saude/45612-brasileiros-atingem-maior-indice-de-obesidade-nos-ultimos-treze-anos

 

Compartilhar
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

VEJA TAMBÉM