Histórias da Hilê: Ivone, a mulher que ama novos desafios e hoje é líder de setor

Histórias

Quem disse que uma pessoa deve se enquadrar em um padrão? Aqui na Hilê você é contratado pelas suas habilidades, proatividade e vontade de fazer a diferença.

Você sabia que hoje a nossa empresa é composta por mais de 70% de mulheres? Elas exercem cargos de liderança e funções que são importantes para fazer a indústria ser uma das maiores do Brasil. Temos orgulho de ser uma empresa que se importa com o colaborador e não se enquadra em “padrões” impregnados pela sociedade.

E hoje as Histórias da Hilê é sobre isso, uma mulher que é líder de setor, mas teve a possibilidade de experimentar um cargo que para muitos é considerado algo masculino, a mecânica. E sabe o melhor? Ainda hoje ela é chamada por algumas empresas para ajudar na mecânica das máquinas. 

Sim, essas histórias são magníficas e você deve se inspirar na nossa querida colaboradora Ivone, essa mulher que desde cedo tinha o sonho de trabalhar, mudar a sua vida e ajudar a sua família. 

Nem todo mundo está preparado para abrir mão dos seus sonhos por um propósito maior, não é mesmo?! A Ivone é um desses casos que não mediu esforços para ajudar seus pais. Filha de seu Anselmo Moresco (in memoriam) e Cecília Moresco, ela abriu mão dos seus estudos para ir trabalhar e ajudar a sua família.

(Cecília Moresco, Ivone Zaccaron e Anselmo Moresco (in memoriam))

Descendente de um lar humilde, via seus pais tentando dar o melhor para ela e seus quatro irmãos, então decidiu começar a trabalhar e ajudá-los.

“Com 11 anos eu comecei a ajudar a minha família, trabalhava, fazia limpeza nas casas, faxina, ajudando eles no que eu podia. Estudei até a quinta série, porque eu queria trabalhar e ajudar os meus pais, mais tarde eu vi a necessidade de voltar, aí eu terminei meus estudos no CEJA, quando já estava aqui na Hilê.” (Ivone)

“Quando a Hilê me contratou, estava em uma felicidade que não me aguentava em mim, comecei a trabalhar de novo, coloquei as crianças na creche, quando comecei com o Sandro tinha quase 32 anos e agora eu estou com 52 anos, então são mais de 20 anos que estou aqui.” (Ivone)

20 anos é tempo, uma vida (risadas), e o melhor de tudo, temos o privilégio de tê-la conosco ao longo da nossa trajetória e crescimento. “No começo tinha duas máquinas de chá, e eu comecei trabalhando em uma delas, depois foi evoluindo.” (Ivone)

“Quando já dominava bem a máquina, o Sandro viu a necessidade de alguém aprender a mexer nas máquinas, aí eu me prontifiquei, disse que eu queria, e no início quem me ensinou foi ele, conhecia as máquinas, lia os manuais, e depois na prática eu fui conhecendo mais a fundo e eu me tornei a mecânica das máquinas de chá, fiquei anos fazendo isso e gostava!” (Ivone)

Para nós, não existe um setor adequado porque você é homem ou mulher, existem pessoas com vontade de aprender, crescer profissionalmente e agregar na empresa. E até hoje a Ivone é chamada por alguns terceiros para fazer a mecânica das máquinas. 

“Na época da mecânica, eu ia prestar serviço para terceiros para arrumar as máquinas, eu nunca me vangloriei, mas hoje olhando, eu tenho orgulho disso e do que eu fazia, foi um conhecimento a mais que eu adquiri na minha vida.” (Ivone)

Depois de 8 anos na mecânica, Ivone foi convidada para liderar o setor das cápsulas, e ali está até hoje, liderando o grupo de cápsulas oleosas, secas, blister, tudo o que envolve o encapsulamento. 

 

História

“A hora que eu sair quero deixar uma pessoa treinada, capacitada, para continuar fazendo o que eu faço, não sou perfeita tenho os meu defeitos, meus erros, mas eu sinto essa necessidade. Tenho que deixar alguém legal. Entretanto, ainda quero continuar muito tempo aqui, porque é muito bacana trabalhar na Hilê, eu tenho 52 anos, tenho muito ainda para dar aqui, até que me quiserem eu estou aqui (risadas).” (Ivone)

“É muito gratificante saber que eu faço parte disso, deste crescimento, que eu ainda estou aqui, é muito legal. Teve muita gente bacana que passou e a gente lembra, amigos, colegas, pessoas queridas que por uma coisa ou outra seguiram outros caminhos.” (Ivone) Guardamos todos eles em nossas lembranças e corações. 

Uma coisa é certa, precisamos de algo que nos faça bem para todos os dias darmos o nosso melhor. “O que me motiva é que eu gosto de trabalhar aqui, teve esse dias que umas meninas me pediram: Ivone, você já se aposentou, por que você não para de trabalhar? Mas não é porque eu me aposentei que eu vou parar, é importante, eu tenho capacidade ainda, sei que posso estar dando o melhor de mim ainda, eu vejo que ainda não terminei o meu legado.” (Ivone)

Que a Ivone ama trabalhar e experimentar novos desafios, isso a gente já sabe, mas tem uma motivação maior por trás disso tudo, a possibilidade de realizar sonhos, e ela é dona de vários e muitos deles ao longo dos anos ela conseguiu concretizar. “Tive várias realizações ao longo destes 20 anos, comprei um carro, quando a gente casou, meu marido já tinha a casa, mas não tínhamos quase nada dentro de casa, aos poucos mobiliamos a casa. Os meus dois filhos estão fazendo faculdade que era um sonho para mim, estou ajudando eles a realizar isso.” (Ivone)

 

Histórias

 

A Ivone sabe que nem sempre foi fácil, “teve dias bons e outros ruins, mas os bons sempre prevaleceram, e é o que eu sempre digo, os dias ruins a gente vê o que pode aprender e melhorar em cima deles.” (Ivone)

Trabalhar na Hilê, tem seus desafios, mas sempre buscamos ajudar o nosso colaborador para que além de crescer na empresa, ele possa melhorar sua vida pessoal. “O Sandro se preocupa com o bem-estar dos funcionários, além da produção ele quer ver, como está a pessoa, ele é bem preocupado. Ele está sempre pronto para te ajudar.” (Ivone) 

Quando lemos as histórias, a gente para e pensa que somos uma das maiores indústrias do Brasil, isso não está relacionado com uma única pessoa, é um conjunto de pessoas que fizeram a Hilê chegar onde está, e é por essas pessoas que dão o seu melhor a cada dia, que lutamos por um ambiente de trabalho harmonioso com qualidade de serviço e queremos que todos os nossos colaboradores possam se sentir felizes e realizar os seus sonhos, assim como a Ivone.

 

Histórias

Histórias

Essa é a nossa maior motivação: ver sonhos se concretizando. 

Compartilhar
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

VEJA TAMBÉM