01

Postado em 01 de Novembro de 2017 às

Inclua o produto L-Carnitina na sua marca!

Hilê Terceirização de Chás, Cápsulas, Solúveis, Whey e Farinhas O uso de suplementos nutricionais tem crescido ao longo das últimas décadas. Atletas e indivíduos fisicamente ativos acreditam no potencial de diversas...

O uso de suplementos nutricionais tem crescido ao longo das últimas décadas. Atletas e indivíduos fisicamente ativos acreditam no potencial de diversas substâncias, sobretudo para a melhoria do desempenho físico e/ou estética corporal.

Entre as substâncias que têm recebido grande atenção de pesquisadores, técnicos, atletas e demais indivíduos, destaca-se a L-carnitina. Por volta de 1955, a L-carnitina foi relacionada à oxidação de ácidos graxos e, a partir da década de 1980, sua suplementação passou a ser recomendada para o tratamento de doenças associadas às concentrações diminuídas desta amina.

Atualmente, a L-carnitina tem sido frequentemente utilizada por indivíduos ativos como coadjuvante na redução de gordura corporal, sendo usada comercialmente nos suplementos denominados termogênicos.

A L-carnitina é uma amina naturalmente produzida pelo organismo a partir dos aminoácidos lisina e metionina. Sua principal função é participar do metabolismo de lipídios, desempenhando papel fundamental no transporte desses do citoplasma para a matriz mitocondrial, onde são oxidados. Por isso, a suplementação com L-carnitina tem sido associada à melhora da performance em indivíduos fisicamente ativos.

Os resultados de um estudo realizado identificou um efeito favorável da suplementação de L-carnitina (2g por dia durante 3 semanas) na regulação do fluxo sanguíneo endotelial durante e após sessão de exercícios de agachamento. Pouco depois, outra publicação utilizando o mesmo protocolo de suplementação novamente mostrou que, após o período de recuperação, a L-carnitina reduziu o dano tecidual muscular induzido pelo exercício resistido. Um último estudo verificou ainda que a suplementação de 1 ou 2g de L-carnitina durante 3 semanas, foi efetiva na mediação de vários marcadores de estresse metabólico (hipoxantina, xantina oxidase, mioglobina) e dor muscular após exercício resistido. Os resultados destes estudos sugerem que a L-carnitina possui um potencial efeito na prevenção do estresse metabólico e dano tecidual provocado por exercício resistido.

A suplementação de L-carnitina é promissora e se mostra segura. A melhora das condições clínicas citadas nos estudos clínicos e experimentais, o aumento da tolerância ao exercício físico e a melhor qualidade e maior expectativa de vida dos portadores de enfermidades crônicas são observados, especialmente nos pacientes com baixos níveis sanguíneos e/ou teciduais de carnitina e naqueles com prejuízos funcionais mais pronunciados.

Referências:

SILVÉRIO, Renata; CAPERUTO, Érico Chagas; SEELAENDER, Marília Cerqueira. L-carnitina: além do metabolismo de lipídeos. Revista Mackenzie de Educação Física e Esporte, São Paulo, v. 08, n. 01, 2009. Disponível em: . Acesso em: 05 mai. 2016.

COELHO, Christianne de Faria. et al. Aplicações clínicas da suplementação de L-carnitina. Rev. Nutr., Campinas, v. 18, n. 05, set./out. 2005. Disponível em: . Acesso em: 05 mai. 2016.

Veja também

Envasar Cápsulas Oleosas: O Melhor Negócio! 19/06/15Envasar Cápsulas Oleosas: O Melhor Negócio! As cápsulas oleosas são destaque do mercado nutracêutico de produtos naturais. A praticidade e os benefícios são inúmeros, afinal muitos nutrientes que o organismo necessita são melhor absorvidos e ingeridos através de encapsulados oleosos e que não conseguimos adquiri-los pela alimentação. A Hilê Terceirização......
Terceirização de Solúveis!21/08Terceirização de Solúveis! A Hilê Indústria de Alimentos presta o serviço de terceirização de solúveis para a sua marca. Atuamos no desenvolvimento e formulação de uma linha completa de produtos naturais solúveis, sejam......
O alto poder do Grão de Chia (Salvia hispânica L.)25/08/17 A Chia é uma herbácea pertencente à família Lamiaceae que compreende várias espécies, originárias do México e Colômbia, com cultivo desde 2600 a.C.. Os grãos de Chia eram utilizados como a......

Voltar para Notícias